HOME  •  GOSSIP  •  FILMES  •  LIVROS  •  MÚSICA  •  SÉRIES  •  WTF?  •  TV  •  PROMOÇÕES                                                                   Assine o nosso feed! Conheça os colunistas Siga a gente no Twitter: @somos_criativos Contato/ Anuncie

04 junho 2010

Behind - Capítulo 6: Viagem


Está online o sexto capítulo de Behind a nossa fic que fez algum sucesso aqui UHSAIUHSAIUHSA' Se quiser ler todos os capítulos - que são liberados dois por semana - visite esta página. lembre-se: COMENTE NO FINAL DO POST E CONTE PROS AMIGOS *---* E antes uma sinopse sobre a história:

Depois de um enorme escândalo em NY onde Felly Hompkins estava envolvida, uma garota de 16 anos, e perder vários amigos por isso, ela decide viajar para a Índia – um lugar que ela sonha conhecer desde criança – e lá ela conhece uma pessoa realmente especial que mudará sua vida. Quando ela volta de viagem, seu pai a surpreende com um inesperado presente – ela vai para Hervely North Academy um internato cheio de regras e de garotos e garotas que não estão nem ai para elas. Lá ela encontrará algumas melhores amigas e outras que vão querer matar a pobre Felly. E ela conhecerá vários garotos que farão ela se derreter, mas o coração dela pertence a apenas um, ou isso mudará?



Eles estavam viajando ao som de Louder Than Words, do Afrojack com o David Guetta. Oz podia ter nome de roqueiro, mas ele com certeza não gostava de Rock. Ele devia se chamar Bob Guetta, isso sim. Ele amava Bob Marley, David Guetta, e derivados. Ele estava tão espantado com o quão ele estava apaixonado por Manny. Ela era tão encantadora, inteligente, brilhante, tentadora, sexy e... Tão perfeita e diferente das garotas nova-iorquinas. A maioria – para não dizer todas – as garotas que ele já tinha ficado, eram do tipo DON ’T TOUCH ME, DON’T TOUCH ME. E isso as vezes era muito irritante. Elas eram muito nojentas, só comiam coisas diet, light, e naturais. Era bom encontrar uma garota totalmente liberal como Manny.

Manny estava incrivelmente bonita, e ela realmente era linda. Ela não fazia nenhum esforço pra isso. Enquanto meninas faziam plásticas e botox, e passavam um kilo de maquiagem no rosto, ela simplesmente não fazia nada. Manny era do tipo de menina desleixada, se deixasse, ela ia para as festas da elite que sua mãe ia de bermuda jeans, uma das camisetas xadrez que ela tinha aos montes, uma regatinha branca, e uma sandália ou tênis Nike. Ele admirava esse estilo ROCK N’ ROLL dela. Ela era única, ela tinha o próprio estilo e não tinha medo de sair do jeito que ela queria, sem se importar com a moda, ela vestia para sentir bem, e não se importava com o que os outros pensavam ou falavam, e isso deixava Oz com orgulho... E o deixava ainda mais fascinado. Ele estava apaixonado. E eles estavam indo para Santa Fé. Tudo isso era perfeito. Santa Fé era tão tranquila, um lugar perfeito para os dois viajarem. Eles iam ficar em uma fazenda, só os dois.

Ele queria ficar com ela para sempre. E ele achava isso estranho, ele não gostava de ter relacionamentos sérios, pois todos os que ele já teve envolveram traição ou interesse. A maioria das garotas que namoraram Oz queria só conquistar o pai dele, e ganhar presentes caros dele. Desde uns dois anos para cá, ele jurou que nunca mais ia se relacionar sério com alguém. Mas com Manny era diferente, ela não sabia do pai dele, e ela era tão, ingênua, e gentil. Ah, não faria mal ele se “entregar” a esse relacionamento. Ele tinha certeza que não se decepcionaria com Manny.

Eram umas seis horas da noite, eles já estavam quase chegando a Santa Fé, eles saíram muito cedo de viajem para ir para lá. Eles combinaram que Oz dirigiria até umas quatro da tarde, e Manny dirigiria o resto, o resto que seriam mais umas duas horas no máximo até encontrarem o hotel onde passariam a noite.

- Pronto neném. Me deixa dirigir vai. Você deve estar cansado. – Ela havia dormido uma boa parte da viajem, mas quando ela acordou, Oz nem percebeu, porque ela ficou do jeito que estava quando estava dormindo. Ela observou por um tempo a feição de Oz. Nossa! Ele era incrívelmente sensual e tinha um perfil maravilhoso. Seria bom ter filhos com ele, ela pensou. Se eles saíssem com a cara do pai, eles iam ser perfeitinhos. Haha. – Eu sei dirigir na estrada, certo? Não me subestime.

- Gatinha, eu não estou te subestimando, é que eu consigo dirigir mais um pouco. Sério. Não se preocupe. – Ele deu uma piscadinha para ela. O que ele mais queria agora era parar o carro e beijar Manny ternamente. Mas algo o fez não fazer. Ele queria deixar isso para Santa Fé. Seria melhor. – E já estamos chegando.

- Seeeeei, chegando. Neném... Posso te perguntar uma coisa? E você jura que vai me responder a verdade? – Ela fez uma cara de cão sem dono.

- Claro. Pode falar...

- Você acha que ter deixado de ir para NY ver a Fel para ficar com você? Ela ficou, deve ter NE, ficado grilada, porque eu mandei duas mensagens pra ela e ela não respondeu. Sei lá. Eu queria muito ficar com você, mas ela é minha melhor amiga, será que quando eu voltar ela via me perdoar?

- Olha... Se eu fosse ela, eu não teria pegado mais leve. Vocês sempre ficaram juntas, pô. E você não vai ficar comigo pra sempre, então eu acho que ela te perdoa sim. Relaxa, quando você chegar lá, você conversa com ela.

- Certo. Mas agora vou tentar esquecer isso. Vamos curtir o nosso momento agora. – Ela fez uma cara sexy – Me curta hahaha alouca.

- Claro, sempre.

Ele parou o carro. Aquela força do “deixar para depois” agora não estava mais ali. Ele só queria que o tempo parasse e os dois ficassem ali, se beijando. Ele a pegou pela cintura e a beijou ternamente, e ali ficaram os dois por um bom tempo. Os dois tinham uma conexão incrível. E ele não queria que aquilo acabasse, ele queria ficar ali para sempre com ela. Mas havia algo que ele via que ia impedir– ou pelo menos ele tinha quase certeza disso. – o relacionamento dos dois, e ele não gostava disso.

0 comentários:

Postar um comentário

-Certifique-se de que está comentando sobre algo referente a este post.
-Os comentários são moderados, ou seja, você os verá após serem aceitos.
-Você pode utilizar HTML para escrever em negrito [B] ou itálico [I]
-Caso o post contenha alguma notícia incorreta ou links indisponíveis, comente e avise que o autor atualizará as informações, ou utilize o próximo tópico.
-Comentários com humilhações, palavras de baixo calão ou qualquer outra expressão que denigre a imagem do blogueiro, outros comentaristas, site ou assunto/ pessoa tratado no post não serão aceitos.
-Para outras dúvidas ou qualquer outro tipo de contato, clique aqui.
-Saiba como colocar um avatar nos seus comentários!

Copyright Somos Criativos 2011 • Tema modificado por IgorVoltar ao Topopowered by Blogger