HOME  •  GOSSIP  •  FILMES  •  LIVROS  •  MÚSICA  •  SÉRIES  •  WTF?  •  TV  •  PROMOÇÕES                                                                   Assine o nosso feed! Conheça os colunistas Siga a gente no Twitter: @somos_criativos Contato/ Anuncie

15 junho 2010

Hoje é dia de música: Vonbrigði

Hello, dear friends.
Bom, em primeiro lugar, gostaria de pedir que vocês relevem meus erros de datilografia. Estou usando esse teclado, praticamente, pela primeira vez, e como é um teclado meio compacto, fuuuu de vez. Eu não sei onde está o "C cedilha" por exemplo, rs.
Bom, galera, hoje venho falar para vocês sobre um assunto que, certamente, deixará sequelas, rs. Na verdade, a banda de que vou falar hoje não se chama VONBRIDGI. Essa palavra, enm islandes, significa "Decepcão" (história do cedilha, RS). E é exatameente sobre isso, sobre as maiores falhas, maiores retrocessos no mundo musical POP dessa década.

O que ninguém sabe é que sim, eu já gostei, de quatro ã dois anos atrás, das bandas que hoje vocês adoras... Na época, ninguém as conhecia, rs.
Quem aqui conhecia Paramore antes de Misery Business ir ao ar na MTV pela primeira vez? Ou quem escutava BOYS LIKE GIRLS en 2008? Vocês escutavam o álbum solo da Fergie antes de Big Girls Don't Cry virar um grande hit mundial? Pois é. A resposta é com certeza não. Mas eu sim, meus amores. Eu escuto isso há um longo tempo e, as bandas descritas acima, e algumas outras me decepcionaram em alguns aspectos que serão listados abaixo.

Paramore:
Bom, a minha maior decepcão no mundo música (uma das maiores rs), foi a banda amada, adorada, louvada, pela maior parte de vocês: Paramore (que eu, hoje em dia, chamo de PARALESS, rs). Enfim, a primeira música do grupo que eu escutei foi BREATH, isso, no início do ano de 2008. Não gostei logo na primeira vez que a escutei, mas, escutadas mais vezes, juntamente à novas músicas da banda, fui me afeiçoando pelo grupo. As músicas MY HEART e WE ARE BROKEN, junto de WHEN IT RAINS e várias outras fizeram, em 2008, junto de Panic! At The Disco e My Chemical Romance, Paramore a minha banda favorita. Eu sempre gosrei mais do All We Know Is Falling do que do Riot. Na época não existia o Brand New Eyes. Naquele glorioso ano de 2008 eu sofri um ascenção (achei o cedilha *-*) músical muito forte, meus gostos por música evoluiram e eu deixei de gostarde Paraless mais do que tudo. Um ano se passou e então me vi diante de um dos maiores lixos popzinhos já lançados: O BRAND NEW EYES. Eu, que já não era lá tão fã de Paramore, ao escutar o ultimo álbum, B.N.E. concluí que Paramore realmente parou no tempo e não evoluiu sonoramente.

30 Seconds To Mars:
Sim, eu amava isso de 30 SECONDS TO MARS. O Jered Leto era um grande ídolo para mim. Uma inspiraçao. E isso se deve à dois motivos principais: Sua música, juntamente com o 30 S.T.M. e seu envolvimento com questòes anmbientais. Eu já fui um ativista ambiental. Já fiz protestos, já fui vegetariano, já plantei mais de cem árvores. E, com certeza, a pessoa que me motivou à meu ativismo foi o Jered. Eu supergostava dos dois albuns da banda (à época, náo haviam lançado o terceiro álbum ainda). O meu preferido era o segundo, mas o primeiro estava logo atrás (O nome do segundo álbum é tão lindo que se tornou um fator considerável, rs: 'A Beautiful Lie'). Desde 2007 eu esperava ansiosamente pela chegada do terceiro álbum, que veio com tardia, quatro anos após o lançamento do segundo álbum, em 2009. A primeira música liberada (ou vezada, ra) foi a música KINGS AND QUEENS (ou algo assim, rs), e me animou em relação às expectativas com o disco que estava prestes a ser lançado. Quando foi lançado, eu escutei e disse: 'EU NÃO FIQUEI ESPERANDO DOIS ANOS POR ISSO. AFFFFFFF'. Eu realmente odiei, tipo, TODAS as músicas do álbum. Mesmo. Por isso eu enquadro 30STM como uma das maiores decepçòes musicais.,

Boys Like Girls:
Galera, taí realmente algo pelo que eu fiquei triste. Eu era realmente fã de Boys Like Girls na época do primeiro ábum. Eu amava músicas como Hero Heroine ou Broken Man. Mas, esses garotos fizeram pior. Eles, no segundo álbum, plagiaram a música Somebody Told Me, da banda The Killers. Além disso, as outras músicas do álbum são puff... Ridículas.

Enfim, confiram como o plágio é evidente abaixo:
Original (Somebody Told Me):

Plágio (Love Drunk):

3 comentários:

Laura disse...

Não sou contra nem a favor, mas é o que sempre digo, tudo o que é antigo é melhor, porque literalmente tudo volta!
Música, moda, filme, livros... "n" e mais "n" coisas!
Eu realmente acho muito difícill encontrar algo hoje completamente original, na verdade só consigo citar a Lady Gaga! Por mais que não goste das músicas dela eu assumo que ela é extremamente original e revolucionária.

Beijo

Samuel disse...

Acho o padrão"revolucionária" não é nada original. Posso citar vários exemplos de pensonalidades que como a Lady Gaga, só vêm ao mundo com o intuito de, não de dar novas ideias, mas para fazer o que as pessoas estão esperando. Lady Gaga é revolucionária na medida em que, em suas atitudes, e não em sua música, fogem ao convencional. Mas isso não passa do que as pessoa estão pedindo. Nada de original. I think... And I might be wrong.

Samuel disse...

Ah, beijos, Laura rs

Postar um comentário

-Certifique-se de que está comentando sobre algo referente a este post.
-Os comentários são moderados, ou seja, você os verá após serem aceitos.
-Você pode utilizar HTML para escrever em negrito [B] ou itálico [I]
-Caso o post contenha alguma notícia incorreta ou links indisponíveis, comente e avise que o autor atualizará as informações, ou utilize o próximo tópico.
-Comentários com humilhações, palavras de baixo calão ou qualquer outra expressão que denigre a imagem do blogueiro, outros comentaristas, site ou assunto/ pessoa tratado no post não serão aceitos.
-Para outras dúvidas ou qualquer outro tipo de contato, clique aqui.
-Saiba como colocar um avatar nos seus comentários!

Copyright Somos Criativos 2011 • Tema modificado por IgorVoltar ao Topopowered by Blogger