HOME  •  GOSSIP  •  FILMES  •  LIVROS  •  MÚSICA  •  SÉRIES  •  WTF?  •  TV  •  PROMOÇÕES                                                                   Assine o nosso feed! Conheça os colunistas Siga a gente no Twitter: @somos_criativos Contato/ Anuncie

25 fevereiro 2011

Crítica: O Discurso do Rei


Título Original: The King's Speech
Direção: Tom Hooper
Duração: 118 minutos
Mais: Filme da Semana

Ao retratar sobre O Discurso do Rei é fácil perceber que ao abordar, como centro do filme, uma história humana e isso através de um ponto de vista dramático é certeza que teremos um grande filme e que será de agrado de todos, talvez como não o melhor filme de todos os tempos, porém ninguém terá nada contra o mesmo. Mas sob este aspecto as pessoas ficam perguntando se realmente este merece destaque ao ser indicado a 12 categorias ao maior prêmio de cinema mundial, o Oscar.

O roteiro do filme se inicia mostrando a vida do duque de York, futuro rei George VI, personagem esse vivido por Colin Firth, e seu grande problema que é o fato de ser gago e não conseguir falar em público, justamente em uma época em que a propagação do rádio se tornou necessária a comunicação dos monarcas com seus súditos. Este fato acaba por trazer certo desconforto ao personagem central da história e com a necessidade de se aprender a falar em público, com a ajuda de sua esposa (Helena Bonham Carter) vai à procura do fonoaudiólogo Lionel Logue, personagem que ficará marcado como grande atuação de Geoffrey Rush. Com a morte de seu pai, o rei George V, personagem vivido pelo inesquecível Michael Gambon, e o fato de seu irmão preferir viver sua felicidade pessoal, então o duque acaba tendo que assumir a função de Rei e com isso assumir a responsabilidade de falar por seus súditos, tornando este um grande desafio para o Rei George VI. Porém o desafio maior ainda estava por vir, a Segunda Guerra Mundial e diante disso precisou superar a si mesmo para ficar a frente e deixar seu povo unido.

O filme traz consigo um grande elenco e uma atuação fantástica de cada personagem, em especial de Firth e Rush, atores que realmente merecem destaque diante do Oscar. O mais interessante para mim foi poder ver a grande atriz Helena Bonham Carter com outros olhos, pois depois de tantos personagens diferentes e psicológicos, como Belatriz Lestrange na Saga Harry Potter e os personagens nos filmes de Tim Burton, ver a sua atuação em O Discurso do Rei, como uma mulher normal, foi realmente algo que merece grande destaque.

Nos tempos atuais, um filme classista como O Discurso do Rei, eu acredito que não merecia receber grande destaque, talvez apenas pela atuação dos atores e prêmios técnicos, porém como Melhor Filme merecia ser lembrado somente se fosse uma obra produzida há alguns anos atrás, pois neste ano, e com o cinema marcado por novas características, a briga pelo maior prêmio do Oscar merece ficar com outra obra e na verdade este nem devia estar entre os 10 melhores (existem outros filmes que merecem maior destaque). Observação interessante que ganhando este prêmio será o primeiro filme, dentre 17 indicações de outras obras até hoje, vencedor que retrata como centro do enredo a história de um Rei ou Rainha.

2 comentários:

Kaarime disse...

gostei muito do filme. achei melhor que A Rede Social. Embora não seja fã de filmes monarquicos eu gostei desse. :)

diano disse...

achei esse filme espetacular

Postar um comentário

-Certifique-se de que está comentando sobre algo referente a este post.
-Os comentários são moderados, ou seja, você os verá após serem aceitos.
-Você pode utilizar HTML para escrever em negrito [B] ou itálico [I]
-Caso o post contenha alguma notícia incorreta ou links indisponíveis, comente e avise que o autor atualizará as informações, ou utilize o próximo tópico.
-Comentários com humilhações, palavras de baixo calão ou qualquer outra expressão que denigre a imagem do blogueiro, outros comentaristas, site ou assunto/ pessoa tratado no post não serão aceitos.
-Para outras dúvidas ou qualquer outro tipo de contato, clique aqui.
-Saiba como colocar um avatar nos seus comentários!

Copyright Somos Criativos 2011 • Tema modificado por IgorVoltar ao Topopowered by Blogger