HOME  •  GOSSIP  •  FILMES  •  LIVROS  •  MÚSICA  •  SÉRIES  •  WTF?  •  TV  •  PROMOÇÕES                                                                   Assine o nosso feed! Conheça os colunistas Siga a gente no Twitter: @somos_criativos Contato/ Anuncie

27 maio 2010

Behind - Capítulo 4: Revolta


WOW Está online o quarto capítulo de Behind a nossa fic que fez algum sucesso aqui UHSAIUHSAIUHSA' Se quiser ler todos os capítulos - que são liberados dois por semana - visite esta página. lembre-se: COMENTE NO FINAL DO POST E CONTE PROS AMIGOS *---* E antes uma sinopse sobre a história:

Depois de um enorme escândalo em NY onde Felly Hompkins estava envolvida, uma garota de 16 anos, e perder vários amigos por isso, ela decide viajar para a Índia – um lugar que ela sonha conhecer desde criança – e lá ela conhece uma pessoa realmente especial que mudará sua vida. Quando ela volta de viagem, seu pai a surpreende com um inesperado presente – ela vai para Hervely North Academy um internato cheio de regras e de garotos e garotas que não estão nem ai para elas. Lá ela encontrará algumas melhores amigas e outras que vão querer matar a pobre Felly. E ela conhecerá vários garotos que farão ela se derreter, mas o coração dela pertence a apenas um, ou isso mudará?



Rob entrou no quarto de Felly de repente. E – como sempre – estou sem bater. Nossa! Como ela odiava isso. Como ela odiava o seu irmão. E como ela o amava incondicionalmente. Mesmo que Rob fosse mala – muuuuuuuito mala – na maioria das vezes, eles eram muito unidos, eles sempre se apoiavam, confiavam um no outro. Mas também não é para menos. Desde quando eles eram pequenos, Rebecca sempre ensinou que eles tinham que se amar – ela era muito, ainda é, da paz. – e se respeitar sempre. E quando os dois brigavam, ela os colocava de joelhos um na frente do outro, abraçados, por uma hora. Aquilo era t-o-r-t-u-r-a-n-t-e demais, mas depois de algum tempo eles se acostumaram.



- Então, você vai para Hervely. Você vai me deixa, é? – Rob era MESTRE em fazer drama. Não existia alguém melhor que nele nisso. Quando ele era menor, seus pais sempre o davam o que ele queria, porque ele fazia muito drama. – Pelo menos uma nerd na família. Haha

- É... Acho que vou. Não tenho nada a perder aqui... Er... Quase nada. Eu tinha que falar com a Manny sobre isso, e com o Pet, eu não queria mudar sem eles. É tão broxante isso. Haha – Ir para HNA era o que ela mais queria. Mas pensar em deixar seus amigos – seus melhores amigos. – aqueles que te acompanharam por sua vida inteira e ir para um lugar onde você não conhece ninguém, onde você seria uma caloura, era muito, muito assustador.

- Ah. Mas depois você vai se acostumar, e esquecer todos nós. Eu tenho certeza. Você vai ser seduzida pelas regras de lá, mas você vai querer quebrá-las a qualquer hora. Porque as regras são feitas pra isso não é? – Rob tinha a idéia de que as regras foram feitas por um motivo: Serem quebradas. Por que, afinal, se elas não fossem quebradas, elas não existiriam, certo? E esse era um pensamento bem... Inteligente. Vindo de Rob era sim inteligente.

- Não sei. E se eu não me acostumar? E se eu não fizer amigos? E se eu me perder completamente lá? É estranho você mudar de uma escola depois de ter passado a sua vida inteira nela. Deixar para trás seus amigos que te acompanharam quase sua adolescência inteira. Deixar seus pais. É assustador sim.

- É, mas logo você acostuma. Eu soube que lá sempre tem festas. Que os alunos de lá sempre dão festas, e que eles a maioria deles são iguais a você. Eu não sei por que você se preocupa com isso. Você tem uma facilidade imensa de comunicação, e você sabe disso. Eu sei que às vezes você tem muita vergonha, mas você sabe que na maioria das vezes você é muito extrovertida.



Era tão estranho conversar com Rob. Era tão estranho que uma pessoa a conhecesse tão bem. Mas era muito bom se abrir para ele. Ele sempre a entendia, sempre a ajudava, sempre a apoiava... Ia ser difícil ficar sem ele por perto. Sem ele para ajudar, consolar. Ia ser difícil ficar sem seu irmão.



Fazia quase uma semana da última notícia que ela teve da Manny, quando ela recebeu a carta. Ela já estava ficando preocupada, porque ela não tinha mais dado notícia, então ela resolveu mandar uma mensagem desesperada para Manny. Ela queria que ela voltasse logo. Queria contar tantas e tantas coisas para ela. Queria contar do Barack, da Hervely, do Pet, da ilha em forma de palmeira que ela viu... Era tanta coisa, que ela necessitava da presença de Manny, ali, AGORA. Mas ela não estava ali. O que era decepcionante. Ela deveria estar em Vegas, com seu conhecido de nome estranho. Mas ela ia chegar. Ela disse que ia chegar logo. Ela tinha que chegar logo.


“Maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaanny, porra. Eu não consigo falar com você. Eu tento te ligar mais você não atende nunca, vaca. Você deve estar ai nos braços do seu amigo do nome estranho. Mas eu preciso de você muito mais que ele. Sério. Preciso de contar tanta coisa. Ah velho. Eu não consigo. Sério, N-Ã-O consigo ficar te esperando por muito tempo. Você não vai acreditar no que aconteceu hoje. Foi muito... SURPREENDENTE e emocionante. haha Mas como você esta em Vegas com seu, Ozzy, vai ficar curiosa. Mas enfim, tente me responder, ou me ligar, ou me mande um sinal. Whaaaaaaaat ever. Mas me mantenha informada da sua situação, baby. É sério. haha”

DE: FELLY SEDUÇÃO QUE A MANNY AMA MUITO uhul



Felly recebeu uma mensagem da Manny alguns minutos depois da dela. MEU DEUS! Ainda bem. Uma notícia da Manny. Ela até estava ficando preocupada com a falta de notícia da amiga. Será que o amigo de nome estranho dela teria feito algo?


“Heeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeey gatinha. Relaxa baby. Eu estou bem. Estou na paz, Brow. Haha Olha, eu não sei se eu voltarei daqui dois dias, o Ozzy vai ficar aqui mais uma semana e eu estou pensando em ficar com ele. Ele me chamou e seria até mais fácil ir embora com alguém, você sabe, do sexo oposto. – sexo no avião! – Mas enfim, eu estou realmente muito curiosa para saber de t-o-d-a-s as coisinhas que aconteceram com você, nos MÍNIMOS detalhes, mas a proposta do meu OZ é tentadora e eu acho que não vou ver ele depois que voltarmos, então tenho que aproveitar. Haha. Eu acho que vou ficar aqui por mais uma semana... Você se importa? Vai passar ráááápido neném. Eu PROMETO. E você nem está sentindo minha falta mesmo...”

DE: MANNY GATINHA DA TIA FELLY GRAXINHA HAHA


Certo. Ela agora estava com raiva. Manny estava trocando ela por um cara, chamado OZZY OSBORNE que ela conheceu em Vegas, fazia uma semana? MAS QUE PORRA! Era inacreditável. Ela ficou com tanta raiva que ela – tentou – ignorou a mensagem de Manny. Era revoltante aquilo. Como ela podia trocar sua melhor amiga por um cara, idiota, de Vegas, chamado Ozzy?

“Hey gatinha. Você ficou com raiva de mim por isso? Ah não Felly. Relaxa.”

DE: SEM NOME

“Ah. Fala comigo porra. Não me ignora vai.”

DE: SEM NOME

0 comentários:

Postar um comentário

-Certifique-se de que está comentando sobre algo referente a este post.
-Os comentários são moderados, ou seja, você os verá após serem aceitos.
-Você pode utilizar HTML para escrever em negrito [B] ou itálico [I]
-Caso o post contenha alguma notícia incorreta ou links indisponíveis, comente e avise que o autor atualizará as informações, ou utilize o próximo tópico.
-Comentários com humilhações, palavras de baixo calão ou qualquer outra expressão que denigre a imagem do blogueiro, outros comentaristas, site ou assunto/ pessoa tratado no post não serão aceitos.
-Para outras dúvidas ou qualquer outro tipo de contato, clique aqui.
-Saiba como colocar um avatar nos seus comentários!

Copyright Somos Criativos 2011 • Tema modificado por IgorVoltar ao Topopowered by Blogger