HOME  •  GOSSIP  •  FILMES  •  LIVROS  •  MÚSICA  •  SÉRIES  •  WTF?  •  TV  •  PROMOÇÕES                                                                   Assine o nosso feed! Conheça os colunistas Siga a gente no Twitter: @somos_criativos Contato/ Anuncie

02 setembro 2010

Behind - Capítulo 7: Unforgettable


E depois desse imenso e desnecessário hiato está de volta a nossa fic, Behind! Escrita por mim, Liili :B E agora voltamos com novo visual (o Igor refez o cabeçalho e tiramos aquele antigo horrível) e também com histórias de terror, amor, mistério e muitos capítulos prontos! Todos os capítulos estarão disponíveis no site às terças e quintas, e para ler desde o primeiro capítulo, basta acessar esta página. Esperamos que curtam, contem para os seus amigos e comentem (clique em Comente! no final do post.

Depois de um enorme escândalo em NY onde Felly Hompkins estava envolvida, uma garota de 16 anos, e perder vários amigos por isso, ela decide viajar para a Índia – um lugar que ela sonha conhecer desde criança – e lá ela conhece uma pessoa realmente especial que mudará sua vida. Quando ela volta de viagem, seu pai a surpreende com um inesperado presente – ela vai para Hervely North Academy um internato cheio de regras e de garotos e garotas que não estão nem ai para elas. Lá ela encontrará algumas melhores amigas e outras que vão querer matar a pobre Felly. E ela conhecerá vários garotos que farão ela se derreter, mas o coração dela pertence a apenas um, ou isso mudará?




Eram umas três da tarde quando Felly tentava organizar idéias de coisas que ela levaria para Hervely North. Ela queria que Manny estivesse lá, para ajuda – lá, para beber até ficar tonta demais e beijar qualquer cara que aparecesse, ou, simplesmente, estar perto da sua melhor amiga. Mas não. A ingrata da Manny estava com o incrível namoradinho Oz. Felly agora estava com, uma palavra forte, mas ela descreve exatamente o que ela estava sentindo: Ódio. Ela se sentia trocada por alguém tão... Menos importante. E, é claro, ela tinha de admitir que estava com ciúmes, e não era pouco. Mas era de se esperar, as duas nasceram mais grudadas que gêmeos. Mas, claro, ela sabia que a reação dela ao receber a mensagem de Manny dizendo que ela só voltaria em uma semana, (mais uma), foi bastante melodramática, mas Manny estava errada, não estava? Talvez sim, talvez não. Talvez Felly só estivesse sendo dramática demais.
                Enquanto ela terminava de arrumar as coisas começou a pensar o que possivelmente iria fazer em Hervely. Era inacreditável pensar que daqui algumas semanas ela iria para Hervely North Academy. Isso era demais. Nas novas amizades, novos rapazes. Mas de repente algo a deixou muito triste. Pensar que ela ia parar H.N.A sem Peter, e sem a ingrata da Manny.  E os outros. Ela não veria mais seu irmão... Bem... Não veria com tanta freqüência. Isso era apavorante.
                Ela estava nesse flashback quando alguém bateu na porta e ela levou um grande susto. Ainda bem que você está aqui ela pensou ao ver a sombra de um tênis Nike branco e preto, mas quando viu o rosto era apenas Rob. Por uma fração de segundo ela pensou que seria Peter, mas não, era simplesmente Rob. Mas isso era bom, ela queria conversar com alguém, não importava quem fosse.
- O que aconteceu dessa vez? Alguma unha sua quebrou? – Rob era o típico irmão-mala-super-sem-alça do mundo. Mas no fundo, no fundo, talvez beeeeem no fundo ele fosse bem sentimental. Felly tinha certeza disso. – Nem adianta falar que não porque eu sei que aconteceu.
- Você é um babaca. – Felly o encarou por alguns segundos que pareceram uma eternidade. Às vezes era tão difícil conversar com Rob. Ele sempre tinha lições de vida filosóficas para tudo o que Felly dizia sofrer. – É que... Sei lá... Eu queria muito, muito ir para Hervely, mas eu não quero deixar tudo sabe? E ainda tem a briga com a Manny... – as quatro ultimas palavras saíram quase imperceptíveis e com uma grande dificuldade. Em 17 anos de amizade, as duas nunca brigaram. Isso era surreal.
- Acho que você está entrando em depressão. Essas músicas que você anda escutando. Unforgiveable da Jaren; Perfect do Simple Plan… Sério… - Rob deu uma risadinha. Felly mudou a música para um remix de Miss Sunshine. WOW. – Me fala o que aconteceu com você e a Manny. – Ele deu um pulo na cama de Felly. Nossa, ela odiava isso e ele fazia isso só para provocá-la. Até parece que ela precisava de mais alguma coisa para explodir. – Manny te largou por outra amiga... a Caroline?
- B-A-B-A-C-A. Sério, você não PODE ser meu irmão. É geneticamente, fisicamente, matematicamente, e todas as porras dos “mente” impossíveis. Mas como não tenho ninguém para conversar alem do Lotuffus... Manny vai voltar semana que vem, tipo, segunda feira ou terça, what ever. Ela ficou em Vegas pelo amiguinho coloridão dela, Oz. Eu sei que parece melodrama...
- Calma... Você brigou com ela por isso? – Rob fez uma cara de “oh, como você é tosca garota.” E encarou Felly por alguns segundos. – Sério. Você foi bastante melodramática. Manny é sua melhor amiga desde quando cortaram os cordões umbilicais de vocês. Você tem que ser mais humilde e parar de pensar em você e olhar para os outros. Manny conheceu um cara legal e quer passar mais uma semana com ele, pô. Deixa os dois. Você viveu com ela 17 anos cara, uma semana a mais uma semana a menos não faz diferença. Vocês vão se ver de novo, isso é que importa. E aquela sua historia de que amigas sempre serão amigas e nenhum menino nunca estragará isso? – Rob parou de falar para ver a expressão da irmã. Ela estava longe naquele momento. Ela talvez não tenha ouvido uma palavra desse discurso de Rob. Mas ele já estava acostumado, a maioria de coisas que ele dizia ela sempre ignorava ou não ouvia. – Ei... Você ouviu alguma coisa do que eu disse?
- É... Mas... Eu acho que fiquei com muitos ciúmes deles e sei lá. Ai Rob... E se ela não quiser mais falar comigo? E se ela me odiar? E se ela não quiser mais falar comigo? – Felly estava começando a se desesperar. Ela as vezes era exagerada demais, mas ela era fofa. – Eu não quero que ela fiquei com raiva eterna de mim.
- Se ela te conhecer igual eu conheço, e eu sei que é assim, ela vai te perdoar. – Rob abraçou sua irmão. Os dois eram tão fofos juntos. Eram os irmãos perfeitos... Claro, eles tinham desavenças, mas isso nós ignoramos. – Relaxa maninha.
                Felly pulou da cama e deu um enorme beijo no rosto do seu irmão e correu para pegar o seu celular que ela deixará carregar na cozinha. No caminho ela tropeçou na barra da calça do pijama e quase matou Lotuffus. Ela precisaaaaaava mandar uma mensagem agora para Manny. Ou ela teria que sair de Manhattan e ir para Vegas procurar Manny. Ela pegou o seu iPhone lilás que ganhou de presente da avó no ano anterior e ele estava novinho. Era o primeiro celular conservado dela, e ela o conservou tanto por um único motivo: a avó. Era a única coisa que ela tinha que estava com ela sempre para lembrar-se da avó. Ela era como uma grandmother – literalmente - mesmo para Felly. Elas sempre estavam juntas. Felly sentia muita falta dela, mesmo que não aparentasse muito. Mas quando sua avó faleceu, ela perdeu uma parte do seu coração. Quando ela abriu o celular, ela olhou as mensagens e viu a última mensagem da Manny. Ela se sentiu mal por ter deixado Manny daquele jeito e por ter apagado o nome dela de sua agenda, então ela o mudou para “Unforgettable Manny”. Fofo. Ela se sentou no sofá e começou a assistir Bob Esponja, Calça Quadrada – o melhor desenho de todos. – e a escrever a mensagem.                                
                                                                                                                                                   
Hey... É a Felly, er... Acho que você sabe, ou talvez não. Talvez você tenha excluído meu numero do seu celular – e da sua memória – mas eu queria te pedir perdão por não ter respondido você. Você está com raiva de mim, pelo menos eu acho porque eu estava, mas o Rob disse que se você me conhecesse você ia me perdoar porque você sabe que eu sou inconseqüente... Eu fiquei com ciúme por você ter ficado ai mais uma semana. Eu queria que voltasse logo, pois eu tenho que te contar tanta coisa, sabe? Mas então, me desculpe por não ter respondido sua mensagem. Espero que ainda goste um pouco de mim, ou não me odeie. Beijos. Felly – er.
DE: Felly / PARA: Unforgettable Best Friend M. *-*

                Pronto! Ela havia enviado a mensagem, agora não tinha mais volta. Era só esperar o que Manny responderia. Se ela respondesse. Ela estava tão nervosa que começou a roer as unhas – um hábito que havia parado há algum tempo. – e mudar de canal desesperadamente, o que fazia sempre quando estava nervosa, desesperada ou zangada. Ela pensou em tudo o que Manny poderia responder, e se ela a perdoaria. Aquilo era desesperador.

0 comentários:

Postar um comentário

-Certifique-se de que está comentando sobre algo referente a este post.
-Os comentários são moderados, ou seja, você os verá após serem aceitos.
-Você pode utilizar HTML para escrever em negrito [B] ou itálico [I]
-Caso o post contenha alguma notícia incorreta ou links indisponíveis, comente e avise que o autor atualizará as informações, ou utilize o próximo tópico.
-Comentários com humilhações, palavras de baixo calão ou qualquer outra expressão que denigre a imagem do blogueiro, outros comentaristas, site ou assunto/ pessoa tratado no post não serão aceitos.
-Para outras dúvidas ou qualquer outro tipo de contato, clique aqui.
-Saiba como colocar um avatar nos seus comentários!

Copyright Somos Criativos 2011 • Tema modificado por IgorVoltar ao Topopowered by Blogger