HOME  •  GOSSIP  •  FILMES  •  LIVROS  •  MÚSICA  •  SÉRIES  •  WTF?  •  TV  •  PROMOÇÕES                                                                   Assine o nosso feed! Conheça os colunistas Siga a gente no Twitter: @somos_criativos Contato/ Anuncie

02 setembro 2010

Você sabe a origem dos símbolos da informática?

Já parou pra pensar de onde vieram os símbolos da informática? Convivemos com eles todo dia e nunca nos preocupamos com isso, e devíamos pensar nisso porque eles tem uma história até legal e que nunca poderíamos imaginar. Lendo a este post você vai descobrir como originou o Arroba, Bluetooth, Power, Pause, e outros. Não deixe de ler!

via Baixaki - adaptado
Arroba
Alguns anos atrás, o arroba (@) era apenas uma unidade de medida para pesar animais, como bois e ovelhas, antes da Internet.
Mas, depois que foi usada nos endereços de email que ela se tornou popular e um elemento inconfundível. Se a sua origem histórica é incerta, a sua utilização no mundo da informática ocorreu pela primeira vez em 1971.
Foi nesse ano que o programador Raymond Tomlinson teve a ideia de utilizar o símbolo para separar o nome de usuário do nome do terminal de computador. A diferenciação não só funcionou, como se tornou esteticamente agradável, sendo adotada como padrão anos mais tarde.
Mesmo sendo idêntico em qualquer lugar do mundo, na França e na Itália, é conhecido como “caracol”; na China por “ratinho”; e na Alemanha é “cauda de macaco”.

Bluetooth
Suas formas lembram a de uma letra “B” estilizada, letra inicial da palavra que representa. Mas por qual razão a tecnologia Bluetooth - que numa tradução direta significa dente azul - tem esse nome?
No século X havia um rei na Dinamarca chamado Harald Blatand. Ele era um profundo conhecedor de mirtilos, uma fruta similar à uva, popular apenas em regiões muito frias e que tem uma cor azulada.
Segundo a história de tanto consumir o fruto um dos seus dentes ficou manchado de azul permanentemente. O símbolo do Bluetooth, que parece com uma letra “B” é, na verdade, o mesmo ícone que Harald usava, com duas runas representando as suas iniciais.
O primeiro receptor de Bluetooth tinha o formato de um dente e era azul. O reinado de Harald Blatand uniu diversos povos nas regiões da Noruega, Suécia e Dinamarca. Assim como o Bluetooth, que foi projetado para aproximar as pessoas e facilitar o compartilhamento de informações.

Pause
O símbolo de pausa está presente desde computadores a aparelhos de som e, mesmo não indicando textualmente qual é a sua proposta, visualmente no contexto das demais teclas é fácil entender ao que ele se destina. Sua origem e representação são incertas, mas há várias teorias para o seu significado, todas cabíveis e possíveis de serem verdadeiras. Na notação musical, por exemplo, os dois traços indicam um momento de pausa em uma canção.
Já para quem prefere uma explicação matemática, os dois traços indicam também a abertura e a junção de uma conexão elétrica. Outra versão sugere que esta é apenas uma conotação intermediária entre os símbolos de “play”, “forward” e “rewind”.

Play
Assim como o símbolo de pausa, não há uma explicação correta para o real significado do “play”. Um triângulo apontando para a direita pode parecer óbvio como sinônimo de avançar, em especial para o público ocidental, que tem o hábito de leitura da esquerda para a direita.
A única coisa que se pode afirmar é quando eles surgiram e a que se destinavam. Os primeiros decks de rolo de fitas de vídeo adotaram os símbolos de “play”, “pause”, “rewind” e “forward” para indicar ao operador qual tecla apertar para cada um dos procedimentos.

Power
Existem centenas de variações do mesmo símbolo, mas ele é basicamente constituído de um círculo e um traço.
Eles representam os números zero e um que, no sistema binário, significam simplesmente ligado (um) e desligado (zero). O símbolo padrão foi estabelecido em 1973 pela International Electrotechnical Comission e tinha como descrição “energia em estado de espera”.
Posteriormente o Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos definiu o símbolo simplesmente como “Power” - ou força. A notação é utilizada até hoje e apresenta algumas variações, como o círculo cortado ou contínuo, e o traço dentro ou fora do espaço.

USB 
Criado como parte das especificações da primeira versão do produto, o símbolo do USB foi desenhado para se parecer com o tridente de Netuno. O artefato tinha como objetivo atingir o inimigo em pontos vitais com a lâmina central e com as laterais, enfraquecer o poder de penetração. Isso garantia que a arma fosse muito menos letal e mais paralisante do que qualquer outra coisa.
Os desenhistas do símbolo do USB não queriam matar ninguém na sua criação. Na versão deles as lanças foram substituídas por um quadrado, um triângulo e um círculo. O simbolismo é que um único cabo pode conectar três extremidades distintas.
No caso da tecnologia, o melhor simbolismo é que o padrão pode ser associado aos mais diversos tipos de periféricos, que foi o que realmente acabou acontecendo. Hoje existem dezenas de dispositivos diferentes que podem ser conectados ao PC via USB.

 via Baixaki - adaptado

0 comentários:

Postar um comentário

-Certifique-se de que está comentando sobre algo referente a este post.
-Os comentários são moderados, ou seja, você os verá após serem aceitos.
-Você pode utilizar HTML para escrever em negrito [B] ou itálico [I]
-Caso o post contenha alguma notícia incorreta ou links indisponíveis, comente e avise que o autor atualizará as informações, ou utilize o próximo tópico.
-Comentários com humilhações, palavras de baixo calão ou qualquer outra expressão que denigre a imagem do blogueiro, outros comentaristas, site ou assunto/ pessoa tratado no post não serão aceitos.
-Para outras dúvidas ou qualquer outro tipo de contato, clique aqui.
-Saiba como colocar um avatar nos seus comentários!

Copyright Somos Criativos 2011 • Tema modificado por IgorVoltar ao Topopowered by Blogger