HOME  •  GOSSIP  •  FILMES  •  LIVROS  •  MÚSICA  •  SÉRIES  •  WTF?  •  TV  •  PROMOÇÕES                                                                   Assine o nosso feed! Conheça os colunistas Siga a gente no Twitter: @somos_criativos Contato/ Anuncie

26 fevereiro 2011

[OSCAR 2011] - Som, Documentários e Curtas


A briga pelos prêmios secundários está bastante concorrida e por ser tratar de prêmios técnicos e com vários nomes diferentes que parecem se trabalhar com a mesma coisa, fizemos uma listagem desses prêmios sobre como funciona cada um e o que acreditamos ser os favoritos para o Oscar 2011. (A imagens e explicação de cada categoria teve como fonte do site Cinema em Cena)

Melhor Edição de Som

Esta categoria tem como premiar o trabalho que engloba tudo em filme que não seja diálogo em um filme e neste ano temos como indicados:
Com toda a certeza o nível dos indicados esta bem alto e apostar sobre qual vai ganhar é uma chance em cinco, pois cada um tem suas características especificas. O filme A Origem traz consigo uma identidade sonora para os incríveis elementos do filme. Já Tron – O Legado foi um filme criado digitalmente e então traz consigo uma alta qualidade na sua edição de som. Com um ambiente que se passa no Velho Oeste, Bravura Indômita nos traz totalmente um mundo dos anos de 1800 com direito a tiros, barulho do vento e o som das esporas de LaBoeuf. A maior surpresa foi pela indicação de Incontrolável que traz um qualidade ao retratar um trem em alta velocidade e assim retratar um som com muito ferro e faíscas. Por fim temos Toy Story 3, que tem uma vantagem sobre os demais por se tratar de uma animação, ou seja, um ambiente totalmente criado por som e imagem. Minha aposta é para Tron.


Melhor Mixagem de Som

Diferente da Edição de Som, a Mixagem de Som é a etapa da produção de um filme que realiza, de maneira harmônica, a soma dos elementos da edição de som com os diálogos e à trilha musical. Os indicados são:
  • Lora Hirschberg, Gary A. Rizzo e Ed Novick, A Origem
  • Paul Hamblin, Martin Jensen e John Midgley, O Discurso do Rei
  • Skip Lievsay, Craig Berkey, Greg Orloff e Peter F. Kurland, Bravura Indômita
  • Ren Klyce, David Parker, Michael Semanick e Mark Weingarten, A Rede Social
  • Jeffrey J. Haboush, Greg P. Russell, Scott Millan e William Sarokin, Salt
Acredito que a indicação de O Discurso do Rei foi estranha, não consegui enxergar por que este filme mereça destaque, talvez apenas por trabalhar com a clareza em cada hesitação do protagonista da história. Contando com características de cada personagem, como LaBoeuf e Rooster, e uma trilha sonora impecável traz como um favorito a esta categoria o filme Brabura Indômita. Também como favorito temos A Rede Social no qual o filme conseguiu trabalhar com rápidos diálogos e uma excelente trilha sonora. Temos, talvez como o mais fraco nesta categoria, o filme Salt, porém merecida indicação por conseguir trabalhar com diálogos, efeitos e trilha sonora. Por fim, e minha aposta vai para esse, temos A Origem que conseguiu trabalhar com perfeição sobre os elementos do filme.


Melhor Trilha Sonora Original

A trilha sonora é o elemento que talvez mais cativa em um filme e sem sombra de dúvida é um elemento indispensável para a produção de uma boa obra. O indicados são:
Como um nome forte a levar este prêmio temos Como Treinar o Seu Dragão que ganha valor por sua complexidade, variando de ritmos tribais a uma tensa percussão, que acompanha momentos decisivos da trama. Por sua vez a trilha de A Origem é intensa e auxilia na construção da fina barreira entre o real e o onírico presente em toda a extensão do longa. Já a trilha sonora de O Discurso do Rei conquistou a admiração da Academia o belo som de seu piano, que se encaixa perfeitamente à história do Rei George VI. Por 127 Horas temos um trabalho que contribui em ampla medida pela narrativa de 127 Horas. Por fim aparecendo como favorito, e minha aposta fica aqui, temos A Rede Social com uma trilha sonora "peculiar", de estilo completamente distinto dos outros concorrentes.


Melhor Canção Original

Nesta categoria a briga está feia e abaixo você pode entender o porquê. Aposto em Toy Story 3. Confira os indicados e escute as canções:
  • "Coming Home", de Country Strong - letra e música de Tom Douglas, Troy Verges e Hillary Lindsey
  • "I See The Light", de Enrolados - letra de Glenn Slater, música de Alan Menken
  • "If I Rise", de 127 Horas - letra de Dido e Rollo Armstrong, música de A.R. Rahman
  • "We Belong Togheter", de Toy Story 3 - letra e música de Randy Newman

Melhor Documentário de Longa-Metragem

O ano de 2010 foi especialmente interessante para o gênero documental, o que se reflete na decisão da Academia em pré-selecionar 15 produções - talvez como forma de honrar títulos que não chegariam aos finalistas na categoria, ou até mesmo em função da dificuldade em selecionar apenas cinco filmes. Minha aposta é para o brasileiro Lixo Extraordinário. Confira os indicados:
  • Exit Through the Gift Shop
  • Gasland
  • Trabalho Interno
  • Restrepo
  • Lixo Extraordinário

Melhor Documentário de Curta-Metragem

Seguindo a mesma tendência das indicações à Longa Metragem os documentários de curta-metragem também representam um salto qualitativo em relação aos últimos anos. Embora possuam abordagens diferentes, os cinco indicados vagam entre temas político-sociais e a conscientização ambiental, fórmulas que costumam fazer sucesso na Academia. Minhas aposta é para Killing In The Name. Confira os indicados:
  • Killing In The Name
  • Poster Girl
  • Strangers No More
  • Sun Comes Up
  • The Warriors of Qiugang

Melhor Curta-Metragem de Animação

A principal característica da categoria é dar margem à inventividade dos cineastas, que exploram diferentes estilos, alguns deles pouco convencionais, em suas produções. A disputa por este trófeu é grande Os indicados de 2010, entretanto, impressionam menos que em edições anteriores e minha torcida e aposta fica para o curta da Pixar, Day & Night. Confira os indicados:
  • Day & Night
  • The Gruffalo
  • Let`s Pollute
  • The Lost Thing
  • Madagascar, Cadernet de Voyage

Melhor Curta-Metragem em Live-Action

O quinteto de indicados desta edição pode ser categorizado em diferentes gêneros, o que contribuiu para a variedade das produções. Não tive acesso aos indicados e pelo que procurei conhecer de cada um eu aposto em God of Love. Confira os indicados:
  • The Confession
  • The Crush
  • God of Love
  • Wish 143
  • Na Wewe

0 comentários:

Postar um comentário

-Certifique-se de que está comentando sobre algo referente a este post.
-Os comentários são moderados, ou seja, você os verá após serem aceitos.
-Você pode utilizar HTML para escrever em negrito [B] ou itálico [I]
-Caso o post contenha alguma notícia incorreta ou links indisponíveis, comente e avise que o autor atualizará as informações, ou utilize o próximo tópico.
-Comentários com humilhações, palavras de baixo calão ou qualquer outra expressão que denigre a imagem do blogueiro, outros comentaristas, site ou assunto/ pessoa tratado no post não serão aceitos.
-Para outras dúvidas ou qualquer outro tipo de contato, clique aqui.
-Saiba como colocar um avatar nos seus comentários!

Copyright Somos Criativos 2011 • Tema modificado por IgorVoltar ao Topopowered by Blogger