HOME  •  GOSSIP  •  FILMES  •  LIVROS  •  MÚSICA  •  SÉRIES  •  WTF?  •  TV  •  PROMOÇÕES                                                                   Assine o nosso feed! Conheça os colunistas Siga a gente no Twitter: @somos_criativos Contato/ Anuncie

16 junho 2010

Resenha: A Breve Segunda Vida de Bree Tanner - Uma história de Eclipse (Saga Crepúsculo #5)

Título Original: The Shot Second Life Of Bree Tanner
Autora: Stephenie Meyer
Número de Páginas: 192
Compre o livro: Saraiva


Depois de dois anos, Stephenie Meyer volta com um novo lançamento da Saga Crepúsculo, a saga de livros e filmes de mais sucesso dos dias atuais, para aumentar a ansiosidade dos fãs da saga, dias antes da estreia do terceiro filme, A Saga Crepúsculo: Eclipse, que estreia dia 30 de Junho de 2010, a autora lançou um livro que é como um complemento do terceiro livro, Eclipse. Esse livro foi tão falado nos últimos dois meses por nós no SomosCriativos.com e no Somos Criatiiivos! NOTICIAS e vocês podem comprar e ver a sinopse aqui. E se você ainda tá meio perdido em quem é Bree Tanner, quem são esses recém-criados e o que eles fazem, basta ler abaixo ou você pode ver também este vídeo que foi liberado pelo diretor de Eclipse, David Slade.
Em primeiro lugar, segundo a própria Stephenie, é melhor você ler Eclipse e Amanhecer anter de ler Bree Tanner, mas, se você já os leu, dê uma relida em Eclipse e preste muita atenção principalmente na hora do confronto Cullen e Quileutes X Victória, Riley e Recém-Criados é legal para você se situar quando estiver lendo.

Começo como prometido por tia Steph: SANGUE, MUITO SANGUE, infelizmente se você quer ler o livro esperando isso, leia somente as primeiras páginas que contém um pouco da sangue quando Bree e Diego vão caçar, SÓ .-. pronto. Um detalhe interessante é que o livro não contém capítulos, e a propósito, gastei quatro horas e meia diretas para ler o livro de 192 páginas, então, com certeza é uma leitura fácil, até mais que Crepúsculo: a letra é ENORME, a página é menor e o espaçamento é grande, então, você lê ele bem rápido, até se você lê devagar, em no máximo três dias você terminou. A Bree é uma vampira recém-criada de apenas três meses, suas principais características ditas até por ela mesma: forte e rápida por ser mais nova. Você vai reparar, claro, que ela é a vampira nerd segue o que Riley - o ajudante dela (Victoria) que criou o exército - bem ao pé da letra, caça direitinho, só pega as pessoas que não farão falta a ninguém, esconde os corpos e uma viciada em livros. Nas primeiras páginas do livro, Bree começa uma amizade com Diego, outro vampiro nerd  - amigo de Riley, até Riley o mata junto com Victoria no meio do livro #tenso - os dois começam a ter uma relação amorosa, que vão desde escondendo do sol em uma caverna (os recém criados acreditam na mentira de Victoria e Riley que vampiros que são expostos à luz do Sol, viram cinza; a mentira foi criada para que o exército não fuja) até dois selinhos :B O que eu não esperava, sinceramente, recém criados, amor, beijo? Uma das partes que mais gostei no livro é de reler Eclipse pelo ponto de vista de outro personagem, é bem legal saber o que os outros estão pensando. As últimas páginas do livro são, obviamente o confronto até a morte de Bree, trágica (e fim), se eu tivesse relido Eclipse recentemente teria lembrado e compreendido mais, então retomo á minha dica no início do post, leia Eclipse e Amanhecer antes e Eclipse mais próximo de ler A Breve Segunda Vida de Bree Tanner. Não esperava isso, mas deixa a história "bonitinha" ou como quiser :B O livro tem um enredo muito bom, ele é bem pequeno, o que facilita a leitura, esquece Crepúsculo, Lua Nova, Eclipse, Amanhecer em que é tudo detalhado e parte do livro é só detalhe, Stephenie é bem direta. A escrita é mais fácil que a dos quatro primeiros volumes da série e talvez esse seja também um dos fatos que faça com que você leia mais rápido. A falta dos capítulos é um pouco ruim porque às vezes não tem jeito, você necessita comer, sair ou ir ao banheiro UHSAUHSUSHAUHSUA' e perde o ritmo da história, mas retoma em dois segundos. O livro é MUITO BOM, um dos melhores que já li esse semestre e olha que ele teve muitos competidores como Percy Jackson e Hush, Hush.
E para a curiosidade de alguns, a ampulheta na capa significa que o tempo de Bree é curto, ou seja, as capas subliminares e bem pensadas ainda existem, não tão subliminares quanto antes, mas continuam. O título é óbvio, Bree tem uma trágica e curta segunda vida.

0 comentários:

Postar um comentário

-Certifique-se de que está comentando sobre algo referente a este post.
-Os comentários são moderados, ou seja, você os verá após serem aceitos.
-Você pode utilizar HTML para escrever em negrito [B] ou itálico [I]
-Caso o post contenha alguma notícia incorreta ou links indisponíveis, comente e avise que o autor atualizará as informações, ou utilize o próximo tópico.
-Comentários com humilhações, palavras de baixo calão ou qualquer outra expressão que denigre a imagem do blogueiro, outros comentaristas, site ou assunto/ pessoa tratado no post não serão aceitos.
-Para outras dúvidas ou qualquer outro tipo de contato, clique aqui.
-Saiba como colocar um avatar nos seus comentários!

Copyright Somos Criativos 2011 • Tema modificado por IgorVoltar ao Topopowered by Blogger